Campos do Jordão - Dicas, passeios e muito mais! - Blenda Reis

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Campos do Jordão - Dicas, passeios e muito mais!

Uma das vistas mais lindas voltando do Pico de Itapeva a caminho da cidade.

Hello meus amores, tudo bom com vocês?

Eu amoooo demais viajar, quem não gosta né?! haha Toda aquela bagunça de arrumar mala e botar o pé na estrada, montar roteiro, escolher os melhores passeios e tirar muitas fotos num lugar novo... é bom demais né mesmo?! Minha última viagem foi para Campos do Jordão em São Paulo, e eu fiquei totalmente apaixonada por aquele lugar! Quem me acompanha lá no insta viu meus stories diários dos lugarzinhos lindos que visitei por lá, e pra quem não acompanhou vai lá que ta nos destaques pra você não perder nada!


Fiquei cinco dias em Campos do Jordão e mesmo assim não consegui visitar todos os lugares que essa cidade linda oferece, mas vou falar um pouquinho pra vocês de cada lugar que visitei, minhas experiências e dicas pra você poder aproveitar tudo!




Museu Felícia Leirner  

Obra Horizonte de Felícia Leirner





  O Museu é ao ar livre e possui um conjunto de 85 obras de Felícia Leirner, sobre gramado e à beira de alamedas, o museu divide o espaço com o Auditório Claudio Santoro, sede do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão. O calendário de eventos do museu prevê atividades durante todo o ano, muitas delas aproveitando um auditório ao ar livre.

O Museu está a 9 km do centrinho de Capivari. Não há linha de ônibus regular para o local, mas durante o Festival de Inverno são postos ônibus coordenados com os horários de apresentações no auditório. Fora da época do Festival de Inverno, o museu é muito tranquilo e conta com uma lanchonete perto do auditório.

O museu é perto do palácio da Boa vista que vou falar mais a frente, e você pode combinar os dois paseios no mesmo dia, eles não requerem tanto tempo de visitação, uma tarde é suficiente para aproveitar os dois lugares e ainda sobra espaço para outro passeio curto, porém como o museu é ao ar livre, é bom evitar um dia de chuva pois atrapalhará na hora da visita!

O ingresso você pode adquirir logo na entrada do museu, por R$10, e estudantes com comprovantes pagam meia.



Palácio Boa vista


 
 
 


De residência Oficial do Governador do Estado de São Paulo o museu é no alto da Serra da Mantiqueira. Fica numa área de quase 3 mil metros quadrados, dividida em 35 ambientes e 105 cômodos.

O Palácio Boa Vista, ou Palácio do Governador como é conhecido, abriga um acervo com cerca de 2 mil peças, entre mobiliário dos séculos 17, 18, 19 e 20, porcelanas, coleção de arte sacra do século 18, prataria, pinturas e esculturas. O projeto original de 1940, do arquiteto polonês Jorge Przrembel, foi alterado e sua fachada atual tem estilo característico dos castelos europeus.

Uma parte do Castelo ainda é usada pelo governador, então em certos cômodos do museu você verá Tv de tela plana, aparelhos de internet, que são os cômodos usados quando o governador vai para o castelo.

Curiosidade: Em 1970, o prédio foi palco do primeiro Concerto de Inverno da cidade, o atual Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, que todos os anos atrai milhares de turistas e moradores do entorno. Ao longo de seus 50 anos, o palácio é um ícone na vida cultural jordanense e paulista.

A entrada no museu é franca e a visita é guiada por monitores. Logo na entrada tem alguns armários para poder guardar os pertences, dentro do museu é proibida a entrada de celulares e câmeras, somente é permitido fotografar nas áreas externas do palácio. 


Cachoeira Ducha de prata 


Um dos pontos turísticos mais tradicionais de Campos do Jordão é a Cachoeira Ducha de Prata, formada por várias duchas artificiais, as águas desembocam do represamento do Ribeirão das Perdizes e não há cobranças para visitar a Cachoeira.

O passeio é de fácil acesso, está a 1,8 km do centrinho turístico. A dica para quem não quiser ir de carro é aproveitar o passeio no famoso Trenzinho da Montanha, que faz um city tour com parada na Cachoeira. Ele sai do centrinho em frente ao Teleférico.

📌Existe também algumas atividades "aventureiras" como arvorismo e tirolesa, além de pequenas trilhas.

📌Além das quedas d’água você encontrará ainda um comércio local com várias lojinhas que vendem artesanatos, malhas e os tradicionais chocolates produzidos em Campos do Jordão.

Não perca: Perto da Cachoeira tem uma galeria, lá tem uma lojinha de chocolates, a loja Marshmallow, o melhor chocolate quente que tomei foi lá e os melhores chocolates também, cada um mais gostoso que o outro, vai te deixar com água na boca!






Morro dos elefantes 


O Morro do Elefante é um dos pontos turísticos mais conhecidos da cidade. O cume do Morro do Elefante alcança a altitude de 1.800 metros acima do nível do mar, promovendo uma inesquecível visão panorâmica da cidade. O local possui um belíssimo jardim colorido por lindas flores, que faz parte do mirante em que milhares de pessoas posam para fotos o ano todo.

O Morro do elefante é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Seu curioso nome tem origem na formação da montanha, que de longe se assemelha ao contorno de um elefante.

Do mirante é possível enxergar toda a Vila Capivari, parte do Alto do Capivari entre outros bairros da cidade, além de diversas montanhas que se perdem no horizonte. O acesso ao ponto turístico pode ser feito de duas formas: pela estrada ou pelo teleférico.
Pela estrada o visitante tem a oportunidade de passar por belas paisagens, formadas por grandes casas e condomínios, cercadas de verde e decorados com lindos jardins. O Morro do Elefante fica a menos de 10 minutos partindo de carro do centro de Vila Capivari, e a entrada é franca.



TELEFÉRICO
Se a opção for subir de teleférico a aventura fica mais divertida. Dezenas de cadeiras, suspensas por cabos de aço, levam as pessoas até o topo do Morro, possibilitando uma linda visão aérea do centro turístico da cidade.
O teleférico existe desde 1970 e encanta os visitantes da cidade por se assemelhar a outros similares existentes em estações de esqui em diversas partes do mundo.
O único contra do morro do elefante é a falta de manutenção do local, infelizmente parecia estar meio abandonado, sem cuidados. Destoando da cidade, mas vale super a pena a visita pois a vista é linda!
O passeio de teleférico custa R$ 15,00, ida e volta, e vale super apena essa experiência! Para aqueles que tem aquele medinho de altura, não desistam, também tenho muito medo haha mas a experiência é tão incrível que o medo vai embora rapidinho! 








Pico do Itapeva

Com uma das vistas mais bonitas da Serra da Mantiqueira o Pico do Itapeva é um passeio imperdível para quem é apaixonado pela natureza. A paisagem do local é encantadora.
Uma das vistas mais privilegiadas da Serra da Mantiqueira podem ser apreciadas do Pico do Itapeva. O parque tem uma fonte dos desejos, um mirante, um campo de lavandas e um castelinho que é uma lanchonete. 

O lugar abriga também um dos lagos mais altos do país, o Lago do Pico do Itapeva. O lugar é incrível! Para visitar o lago não tem custo algum, porém para ir até o pico de itapeva a entrada é 10,00 por pessoa e 20,00 o estacionamento, quanfo fui, na hora do pagamento da entrada, cada pessoa ganhou um suco orgânico.
Casa da árvore - Jardim Amantikir

   
Jardim Amantikir
Ahh o que falar desse lugar? É tudo muito encantador! Reserve um tempo especial da sua viagem para este lugar porque você vai tirar muitas fotos e apreciar a natureza muito bem cuidada por todo lado!
O Parque Amantikir apresenta jardins de várias partes do mundo em meio a exuberante natureza da Serra da Mantiqueira, formando lindas paisagens. Em visita a cidade não deixe de conhecer os jardins do Amantikir!
Muito comuns nos Estados Unidos e Europa, os jardins são para contemplação e reúnem a arte da jardinagem com uma rica programação cultural. Inaugurado em agosto de 2007, o Amantikir contém mais de 700 espécies de plantas harmoniosamente divididas ao longo dos 60.000 m² aberto à visitação durante os 365 dias do ano. Os 26 jardins mostram através de sua beleza um pouco da cultura de cada país.
:: Curiosidade - Amantikir e sua lenda ::

A lenda é sobre a história de uma bela princesa de uma tribo do povo Tupi, que se apaixonou pelo Sol. Encantado com a beleza da moça, o guerreiro de cocar de fogo permanecia com suas luzes sobre ela. E como não se deitava não havia noite e a Lua mal aparecia, provocando um interminável dia. Os pastos se incendiavam, não havia sono e nem sonhos. A Lua sentindo que perdera seu amor, do Sol, para uma mulher, foi contar a Tupã, que com indignação mandou que se levantasse a mais alta montanha. Ali ficaria confinada a princesa, fora do alcance do Sol. Este sangrou tardes vermelhas e tentou afogar-se no mar.
O nome Amantikir vem do povo indígena e deu origem à palavra Mantiqueira que significa Serra que Chora. 
  
Aberto diariamente das 8:30h. às 17:00h. Estando dentro do parque é permitido permanecer para ver o pôr-do-sol.

Ingressos: 
Inteira - R$ 40,00 - Meia - R$ 20,00 - estudantes, seniores, professores, policiais e grupos sem agendamento. 
Especiais - R$ 15,00 - passageiros de taxi e vans, moradores e grupos com pagamento antecipado.
  
Para descontos especiais solicite para seu hotel/pousada de como proceder, (é necessário agendar).
Para descontos de grupos também é necessário o agendamento prévio. 



Floresta Encantada

O Parque da Floresta Encantada é um lugar super fofo e é rodeado por uma bela natureza. Ele fica em uma área de aproximadamente 12 mil metros quadrados. Um espaço com várias casinhas temáticas baseadas nos mais famosos contos de histórias infantis, entre eles: Casa das Bruxas, Casa dos Gnomos, Casa dos Coelhos, Casa Fantasma, Casa da Branca de Neve, Casa dos Anjos, Casa do Papai Noel e Casa das Bonecas.


O lugar é lindo para tirar boas fotos, mas tente se planejar para ficar no máximo 1 hora no parque para conseguir aproveitar todas as atrações que campos do Jordão oferece. O espaço é ótimo para levar as crianças!





Ingressos: em dias de semana R$ 5 (crianças até 3 anos não pagam). Finais de semana e feriados R$ 10. Temporada de Inverno  R$ 10. Para grupos consulte os preços promocionais.


Casa da Xilogravura







Casa da Xilogravura

Pra quem gosta de Arte e história vai ficar encantado com o Museu Casa da Xilogravura, é um dos únicos museus do Brasil dedicado a essa técnica, reúne em suas 20 salas mais de 5 mil obras de 400 artistas, um grande acervo de obras de artistas brasileiros e internacionais. 

A xilogravura é uma gravura feita por meio de impressão sobre o papel de uma matriz entalhada em madeira. O museu trabalha na divulgação dessa arte que nasceu no Oriente há mais de um milênio e meio. Logo na entrada do museu, entre pilares imponentes, um grande tronco de ipê dá boas vindas aos visitantes, para lembrar que "sem árvore não há xilogravura e nem vida". Uma peça que se estima ter nascido por volta de 1660. Através de seus desenhos circulares deixados pelo tempo é possível demarcar acontecimentos históricos.  

Os pioneiros da Xilogravura do Brasil estão expostos no local. Obras de Oswaldo Goeldi, Lasan Segall e Danúbio Gonçalves misturam-se muitas outras de todo o mundo, cada uma com sua história. Conta o fundador do museu, exemplificando um curioso episódio em que conheceu um chinês, com quem teve de se comunicar através de gestos e desenhos, e que resultou em uma exposição de vários artistas orientais em seu museu.


A entrada no local custa R$ 6,00 / Mais de 60 anos, estudantes e professores R$ 3,00 / Menores de 12 anos grátis  / Professores, funcionários e alunos da USP Grátis / Grupos de alunos de escolas gratuitas previamente agendados grátis.




Sans Souci Bistrô

Me apaixonei por esse lugar! Aconchegante, acolhedor, funcionários maravilhosos e a comida nem se fala, tudo impecável, de excelente qualidade! 


De início, eu já fiquei maravilhada pela decoração do local: o café é aconchegante e lindo, com peças que remetem a malharia. Eu não sabia para onde olhar de tantos detalhes a serem absorvidos: desde as almofadas fofas e quadros nas paredes, até os pés das cadeiras (que tinham meias – sim, meias), tem como ter mais fofura que isso?! 

O café é aconchegante, com várias opções de doces, bolos e com alguns tipos de cafés diferentes. O Sans souci fica dentro da Loja maison Genevé, dividindo o espaço com a malharia mais tradicional de Campos do Jordão. O resultado de tudo isso é um ambiente despojado e diferenciado, com excelente qualidade!

Na visita, as minhas escolhas foram o Mocha e a palha italiana tradicional. Gente que escolha! Nunca tinha provado o Mocha, dei uma lida no cardápio, e ao invés de pedir um capuccino que é meu café favorito, resolvi optar por algo diferente, e foi a melhor escolha, estava maravilhoso! Pra completar, eu provei a melhor palha italiana da vida! Cremosa por dentro e coberta de ganache, a palha italiana estava maravilhosa, gostei tanto que no dia que fui embora tive que passar novamente no bistrô e levei duas palhas italianas para casa, essas gordices de viagem pode né gente?! Além disso as pessoas que me atenderam na primeira vez lembraram de mim, e fui novamente muito bem recebida!

No geral, o café me encantou muito e se tornou um dos meus locais preferidos em Campos do Jordão. O atendimento é excelente e a comida é ótima! Vale, com certeza, uma visita bem calma para olhar e apreciar o local, eu garanto que você não vai se arrepender!
Informações: O nome dado ao bistrô, “sans souci”, é uma expressão francesa que significa “sem preocupação”. E é exatamente isso o que o espaço oferece: um ambiente lindo, super aconchegante e com uma decoração que leva a nossa imaginação às brasseries francesas rapidinho!!




Rostie Restaurante
Um lugar agradável com a combinação perfeita da luz das lamparinas com a lareira, o Restaurante Rostie é o lugar ideal para saborear batatas de diferentes tipos. 

A dica é a sequência de fondues, que contempla três receitas: a de queijo suíço, servida com batata rústica, pão italiano e geleias, a de carne à moda chinoise, com fatias finíssimas de filé-mignon, e a de chocolate, acompanhada de frutas da estação. 



Eu curti muito Campos do Jordão e espero que com as dicas vocês possam curtir ao máximo esse lugarzinho! Ahh e uma super dica pra quem quer gastar menos, na hora de comprar seu chocolate quente, ou ir no bistrô, ou comprar algum souvenir de viagem, tente negociar o valor, os próprios estabelecimentos já estão "acostumados" com isso, e muitas vezes dão aquele descontinho sem nem pedirmos, então dá aquela choradinha de leve, que ainda dá pra dar uma economizada na hora das compras viu?!


Espero que vocês tenham gostado das dicas,
Beijinhos e até a próxima!






8 comentários:

  1. Campos do Jordão é uma delícia! Tive a oportunidade de conhecer essa cidade encantadora esse ano e amei, não vejo a hora de chegar o inverno novamente para ir tremer mais um pouquinho e ficar de nariz vermelho.

    Beijoss
    Paloma Januario
    www.vidadesonhos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Campos do Jordão é lindo mesmo, no friozinho com chocolate quente não tem coisa melhor! haha
      Lindo seu Blog!

      Excluir
  2. Lindas fotos! Campos do Jordão é maravilhoso, amei o post muito bem explicado e detalhado <3
    Todo mundo vai querer visitar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ju, fico feliz que tenha gostado, Campos do Jordão é realmente maravilhoso! <3

      Excluir
  3. Que lugar lindo!
    Quero muito conhecer algum dia. :)

    ResponderExcluir
  4. Adorei a riqueza de detalhes...fui em Campos do Jordão e nem vi todas essas maravilhas que descreveu, isso significa que preciso voltar e ter um olhar mais atento ! Obrigada bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh obrigada <3 Lá tem muita coisa linda, é bom ir com calma e aproveitar cada momento!

      Excluir

@way2themes